Quatro estudos liderados por pesquisadores do Programa de Pós-graduação em Saúde Coletiva do ISC/UFBA foram premiados no 4º Congresso Brasileiro de Política, Planejamento e Gestão da Saúde – PPGS 2021, evento promovido pela Associação Brasileira de Saúde Coletiva (Abrasco).

O prêmio Hesio Cordeiro é destinado a frentes de trabalho, pesquisa e novos conhecimentos que enriquecem o campo da saúde coletiva e representam significativa contribuição às políticas públicas, expandindo, incrementando e produzindo respostas importantes para o fortalecimento do SUS como processo civilizatório.

Na categoria “Desafios do SUS”, Alessivania Marcia Assunção Mota recebeu a menção honrosa pelo trabalho “Análise das ações de Saúde Mental implementadas pelo governo federal no contexto da pandemia da Covid-19”. Larissa Daiane Vieira Barros também foi premiada na mesma categoria com o estudo “Práticas e ações de saúde organizadas pelo MST no período 1981-2014”. Os dois trabalhos são assinados com a professora Carmen Teixeira (ISC/UFBA).

Na mesma categoria, Kellimila Santana Silva Sodré recebeu a menção honrosa pelo estudo “Programa estadual de atenção domiciliar da Secretaria de Saúde do Estado da Bahia: a perspectiva da gestão”. A pesquisa é assinada com a professora Alcione Brasileiro Oliveira Cunha (ISC/UFBA).

Já na categoria “Propostas de mudanças de estratégia para o futuro próximo”, o prêmio foi para Cristian David Osorio Figueroa, um dos autores do estudo “Estimación de costos para la planificación de servicios de salud basada en redes de atención y un modelo de APS para Guatemala”.

O Instituto de Saúde Coletiva parabeniza nossos pesquisadores por mais essa conquista, pela incansável defesa do SUS, o fortalecimento da democracia e a busca por uma saúde mais igualitária.