“É curioso o momento paradoxal que vivemos quando o assunto é vacina. Enquanto a humanidade anseia pelo surgimento da vacina milagrosa para prevenção da covid-19, o país não consegue alcançar índices adequados que garantam proteção coletiva para nenhuma das vacinas ofertadas gratuita e rotineiramente às crianças”.
 
Leia, na íntegra, o artigo “O milagre da vacina?”, escrito pelo sanitarista Ramon Saavedra, doutorando em Saúde Coletiva pelo ISC/UFBA, para o jornal Correio.