O reitor da Universidade Federal da Bahia, João Carlos Salles, foi o convidado do “ISC em Casa” desta quarta-feira (08). O projeto, promovido pelo Instituto de Saúde Coletiva da UFBA, discutiu o tema “Situação de pandemia e o papel das universidades”, com transmissão ao vivo pela internet.

Durante a sessão, o reitor também respondeu questões enviadas pelos internautas em relação à suspensão das atividades e as principais ações de enfrentamento da UFBA no combate à pandemia de Covid-19.

O reitor encorajou a comunidade a utilizar tecnologias remotas para manter contato enquanto durar a pandemia, mas ressaltou que atividades realizadas remotamente nesse período não poderão ser utilizadas para substituir aulas presenciais, uma vez que o calendário acadêmico está oficialmente suspenso.

Sobre a possibilidade da ampliação do Ensino a Distância (EAD) na UFBA enquanto as atividades presenciais estiverem suspensas, Salles explicou que “EAD não é algo que se possa fazer de modo improvisado”, e que qualquer ação nesse sentido só poderá ser realizada se houver garantia de condições de acessibilidade universal e manutenção do alto patamar de qualidade que caracteriza as atividades de ensino, pesquisa e extensão da UFBA.

O reitor anunciou que a Administração Central lançará, em breve, uma pesquisa para aferir as condições de acesso a computadores e internet pelos estudantes, bem como o domínio das ferramentas de realização atividades remotas que o corpo docente detém atualmente.

Também foi anunciada a realização de um Congresso Virtual, com uma vasta programação de conferências, mesas e seminários online com pesquisadores da UFBA e convidados de outras instituições, além de um espaço para que os estudantes de graduação e pós-graduação apresentem suas pesquisas, por meio de videos gravados.

A discussão foi mediada pela diretora do ISC, Isabela Cardoso, e pelo professor Marcelo Castellanos, coordenador do Colegiado de Pós-graduação do Instituto.

Esse foi o segundo seminário virtual realizado pelo “ISC em Casa”, projeto que tem como objetivo levar informações à comunidade durante o período de isolamento social.