O CGSC tem os objetivos de formar profissionais em Saúde Coletiva:

• com sólido conhecimento técnico-científico e capazes de conhecer e intervir sobre os problemas e situações de saúde-doença, mais prevalentes do perfil epidemiológico nacional, com ênfase em sua região de atuação.

• que sejam capazes de atuar em promoção da saúde e da qualidade da vida humana, realizando e participando de intervenções sociais organizadas dirigidas à vigilância, à proteção da saúde, de comunicação e educação em saúde.

• que sejam capazes de atuar efetiva e eticamente e desempenhar funções de direção, planejamento, administração, gerência, supervisão, controle, auditoria, assessoria, consultoria, pesquisa e avaliação de práticas nos sistemas, serviços e unidades de saúde públicas e privadas e em quaisquer outras instituições e situações onde se realizem atividades de promoção da saúde e da qualidade de vida humana.

O CGSC é oferecido no período noturno e tem a duração total ideal de oito (8) semestres. Cada semestre terá 17 semanas de atividades com o máximo de 20 horas por semana, totalizando 2.708 horas.

Seu projeto político-pedagógico se orienta pela formação de sujeitos críticos e com grande grau de autonomia, de modo a buscar a formação integral e adequada do estudante pela articulação entre o ensino, a pesquisa e a extensão. Parte-se do princípio de que a aprendizagem deve ser interpretada como um caminho que possibilita ao sujeito social transformar-se e transformar seu contexto. Essa aprendizagem deve, assim, pautar-se pelo princípio metodológico geral traduzido pela “ação-reflexão-ação”, delimitado na produção do conhecimento nos âmbitos do ensino, da pesquisa e da extensão.


Gestão

O CGSC possui um colegiado gestor, composto por quatro docentes (sendo um deles o coordenador e outro o vice-coordenador do colegiado) e dois representantes discentes, responsável por:

• implementar esforços no sentido de orientar as atividades e processos acadêmicos no sentido de garantir a maior qualidade possível das atividades curriculares de ensino, pesquisa e extensão diretamente relacionadas ao Curso, visando a excelência da formação de nosso corpo discente;

• monitorar e avaliar o Curso, em todas suas dimensões e atividades, visando a análise de seu processo de desenvolvimento, assim como a introdução de medidas que venham reforçar seus pontos positivos e superar possíveis limitações;

• determinar normas operacionais sob sua jurisdição e julgar processos acadêmicos, em observância aos parâmetros normativos e legais que regem a UFBA;

• estabelecer relações intra e interinstitucionais necessárias ao pleno desenvolvimento do CGSC, objetivando a consecução de suas metas e objetivos.

O formato colegiado, envolvendo alunos e professores, representa um fator importante para a aproximação das perspectivas de docentes e discentes a respeito do desenvolvimento do curso e da definição das melhores estratégias a serem adotadas para a consolidação e aumento de sua qualidade. Além disso, propicia um excelente espaço de exercício democrático nos processos de tomada de decisão sobre diversos aspectos e dimensões do Curso. Todos os membros são indicados por seus pares e têm mandato de 2 anos.


Estrutura Curricular

Sua estrutura curricular inclui um conjunto de atividades cujo conteúdo e práticas tratam do processo saúde-doença-cuidado e seus determinantes, das políticas e da organização dos sistemas e serviços e das práticas de promoção da saúde e da qualidade de vida, dentre outros.

Esses conteúdos serão oferecidos, de maneira presencial, em processos de ensino-aprendizagem integrados, articulando-se conhecimentos teóricos e práticos ao longo do desenvolvimento de eixos modulares que procuram garantir uma integração horizontal ao longo dos semestres. Busca-se consolidar a articulação vertical das atividades realizadas em um mesmo semestre através de dois espaços formativos: práticas integradas e seminários interdisciplinares. Salienta-se que este último se constitui em um espaço inovador de encontro entre alunos de diferentes turmas, do primeiro ao terceiro ano, para discussão de temas clássicos ou emergentes da Saúde Coletiva.


  QUADRO CURRICULAR DO CURSO DE GRADUAÇÃO EM SAÚDE COLETIVA

  COMPONENTES CURRICULARES OBRIGATÓRIOS

  COMPONENTES CURRICULARES OPTATIVOS

  GRADE HORÁRIA DO CURSO DE GRADUAÇÃO EM SAÚDE COLETIVA 2014.2



Perfil do Egresso

Profissional em Saúde Coletiva com formação generalista, humanista, crítica e reflexiva, qualificado para o exercício de atividades do campo da Saúde Coletiva em todos os níveis de gestão e de atenção à saúde, atuando em promoção da saúde e na melhoria da qualidade da vida humana, pautado em princípios éticos, legais e na compreensão da realidade social, cultural, política e econômica do seu meio, com base no rigor científico e intelectual, dirigindo sua atuação para a transformação da realidade em benefício da sociedade.


Titulação: Bacharel em Saúde Coletiva