Um aplicativo que ajuda a mapear esgoto, lixos e áreas de risco para transmissão de doenças como leptospirose, dengue, zika e chikungunya. Um grafite cientifico que reúne elementos naturais para educar jovens cidadãos. Essas são algumas das ações da Feira de Saúde, Cidadania, Cultura e Tecnologia, que será realizada nesta sexta-feira (15), das 9h às 16h, na Escola Municipal Marechal Rondon.

O evento também contará com a oferta de exames de glicemia e pressão, oftalmologia, tratamento estético, assistência social, psicológica e advocatícia para comunidade, além de apresentações de capoeira, dança e grupos musicais locais.

A Feira de Saúde, Cidadania, Cultura e Tecnologia é promovida pela Associação Emília Machado, que oferece cursos de capacitação a cerca de 200 jovens carentes de Marechal Rondon com o apoio de professores e pesquisadores do Instituto de Saúde Coletiva (ISC/UFBA), Escola Politécnica da UFBA, Instituto de Humanidades, Artes e Ciência (IHAC/UFBA) e da Secretaria Municipal de Sustentabilidade, Inovação e Resiliência – SECIS.

Através do projeto, os participantes recebem uma formação nas áreas de cidadania, informática, mapeamento, além de treinamento em saúde e ambiente.

Programação:

09h – 10h:30

Oficina de Avatar: App +Lugar

(Isa Neves – professora do IHAC/UFBA)

 

10h30 – 12h

Oficina de Grafite Científico

(Geovane Corrêa – graduando em Biologia)

 

13h30 – 15 h

Conhecendo e combatendo os mosquitos

(Romero Nazaré – biólogo e mestre em Diversidade Animal)

 

15h – 16h

Oficina +Lugar

(Murilo Guerreiro – engenheiro de software)

 

Data: 15 de novembro (sexta-feira)

Local: Escola Municipal Marechal Rondon, localizada no fim de linha da Rua Vivente Celestino, no bairro de Marechal Rondon.