Em três anos, o número de farmácias populares na Bahia teve redução de mais de 17%. É o que mostrou um levantamento divulgado pela TV Bahia na edição de ontem (24) do BA TV. Para discutir o problema, a repórter Anna Valéria conversou com a professora Erika Aragão e com o pesquisador Márcio Natividade, do Programa de Economia, Tecnologia e Inovação em Saúde (PECS) do Instituto de Saúde Coletiva (ISC/UFBA). Segundo a professora Érika Aragão, o principal impacto dessa diminuição está na descontinuidade dos tratamentos.

Para assistir à matéria completa, acesse o vídeo no link abaixo:

https://globoplay.globo.com/v/7565701/