O sanitarista Luis Eugenio Portela de Souza, professor do Instituto de Saúde Coletiva da UFBA, foi o entrevistado desta manhã (22) do programa JB no Ar, apresentado pelo radialista Mário Kertész, na Rádio Metrópole. Durante a conversa, o professor fez um panorama sobre a atuação do Brasil no combate à pandemia e defendeu um lockdown efetivo para conter o avanço no número de casos e evitar o colapso da saúde em nosso país.

“As pessoas precisam parar de circular. No entanto, sabemos que grande parte da população precisa buscar no dia a dia a sua sobrevivência. Um lockdown efetivo só se viabiliza com auxílio financeiro para que as pessoas possam se alimentar e ficar em casa”, ponderou.

O professor criticou o valor do auxílio emergencial aprovado recentemente, inferior às parcelas pagas ao longo de 2020, e o ritmo lento da vacinação. Para ele, é preciso investir em múltiplas estratégias para um enfrentamento mais eficaz da pandemia. “Os testes e a vigilância genômica, por exemplo, são importantes para que sejam executadas as ações necessárias”, disse.

Para assistir à entrevista completa, clique aqui.