Com informações da redação do OAPS

Religião e política são os grandes temas da entrevista do mês de outubro do Observatório de Análise Política em Saúde (OAPS) com o professor da Universidade Estadual de Campinas (Unicamp), Ronaldo de Almeida. Cientista social, com mestrado em Antropologia Social pela Unicamp e doutorado em Ciência Social pela USP, Almeida fala sobre a articulação entre os evangélicos e o conservadorismo na crise brasileira, a atuação e as perspectivas da Frente Parlamentar Evangélica.

Para o pesquisador, que é diretor científico do Centro Brasileiro de Análise e Planejamento (Cebrap), em um cenário no qual a presença de evangélicos na política não é novidade, chama a atenção a expansão no Judiciário: “O que me parece novidadeiro, e esse atual governo está deixando mais claro, é que se de uma certa forma havia uma presença crescente de setores evangélicos no Legislativo, e depois de algum tempo em mandatos no Executivo, cada vez está mais claro nesses últimos anos que há um espalhamento também pelo Judiciário – ou uma tentativa de”.

Para ler a entrevista na íntegra, acesse aqui o OAPS.